COMO REDUZIR O CONSUMO DE ENERGIA

 

O que você faria se a energia elétrica acabasse ? Nada de novela das 8. Nada de cerveja gelada. Nada de videogame. Nada de computador. Nada de elevadores. Nada de luz nas ruas. A vida moderna seria impensável sem energia elétrica. Com toda certeza, seria muito mais chata e complicada. 

Estamos vivendo uma crise muito séria no setor de energia elétrica brasileiro. E, infelizmente, tudo o que estamos falando pode se tornar realidade. Pelo menos temporariamente. A economia de energia é a única saída para que o problema não se torne mais grave do que ele já é. 

Só economizando vamos conseguir estabilizar o fornecimento e afastar o fantasma dos apagões, das multas e da falta de energia. O Governo Federal lançou o plano de racionamento que determina que, de junho a novembro deste ano, a população deve reduzir o consumo em no mínimo 20%. Todo mundo tem que se unir em torno deste objetivo. Todo mundo tem que participar. Leia com atenção as dicas e veja como você pode fazer a sua parte. 

TELEVISOR - (10% do consumo mensal residencial) Desligue a TV sempre que sair do local. Não durma com a TV ligada. Os aparelhos mais modernos consomem menos energia. Dê preferência a aparelhos que possua timer (função de desligamento automático). 

GELADEIRA - (30% do consumo mensal residencial) Instale a geladeira em local ventilado , distante de lugares quentes. Não forre as prateleiras. Não deixe a porta aberta sem necessidade. Coloque ou retire os alimentos de uma só vez. Não coloque alimentos quentes, embalados em papel jornal ou caixa de papelão. Verifique a vedação da porta (coloque uma folha de papel nas bordas da geladeira e feche a porta em cima dela. Se a folha sair com facilidade, as borrachas de vedação devem ser substituídas). Não use a geladeira para secar roupas, toalhas, tênis, etc. Coloque líquidos em recipientes com tampas. Não desligue a sua geladeira ou freezer para ligar na manhã seguinte. Faça o degelo quando a camada de gelo atingir a espessura de aproximadamente 1 cm. No inverno, regule o termostato para a posição de frio não muito intenso. Durante ausências prolongadas, esvazie a geladeira ou freezer e desligue o aparelho da tomada. Se possível, desligue o freezer durante o racionamento. 

ILUMINAÇÃO - (20% do consumo mensal residencial) Use lâmpadas de acordo com o tamanho e finalidade do ambiente. Aproveite ao máximo a iluminação natural. Utilize cores claras na pintura das paredes internas e no teto. Apague as lâmpadas nos locais desocupados. Use lâmpadas fluorescentes, que gastam menos energia e duram mais (além das fluorescentes convencionais existem também as mini-fluorescentes, as lâmpadas PL; para se ter uma idéia da vantagem, uma lâmpada PL de 13W tem um rendimento que proporciona uma luminosidade de uma incandescente de 75W). Dê preferência às lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares para a cozinha, área de serviço, garagem ou outros lugares em que a luz fique acessa mais de 4 horas por dia. 

CHUVEIRO - (25% do consumo mensal residencial) Evite banhos demorados. Evite o uso durante o horário de pico (das 17 às 22 horas). Desligue o chuveiro quando for se ensaboar e fazer a barba. Use a chave na posição verão. Na posição inverno o consumo é 30% maior. Evite reaproveitar resistências queimadas. Ligue o aquecedor central apenas o tempo necessário. Limpe sempre os buracos de saída de água do chuveiro. 

FERRO ELÉTRICO - (6% do consumo mensal residencial) Não use o ferro quando muitos aparelhos elétricos estiverem ligados. Acumule as roupas e passe de uma vez só. Use o ferro na graduação correta para cada tipo de tecido. Inicie o trabalho pelas mais pesadas e deixe as mais leves para o final. Desligue o ferro e passe as peças mais leves. Desligue o ferro quando tiver necessidade de interromper o serviço. 

MÁQUINAS DE LAVAR ROUPAS, LOUÇAS E SECADORAS - Acumule as roupas e louças e lave e seque tudo de uma só vez. Use a dosagem correta de sabão em pó para não repetir a operação de enxaguar. Limpe o filtro da máquina com frequência. 

AR-CONDICIONADO E VENTILADOR - Evite usar o ar-condicionado durante o racionamento Dimensione adequadamente o aparelho para o tamanho do ambiente. Feche as portas e janelas ao usar o ar-condicionado. Limpe os filtros periodicamente. Quando instalar o aparelho exposto aos raios solares, instale uma proteção. Desligue o ar-condicionado sempre que se ausentar do ambiente por tempo prolongado. Só ligue o ventilador quando estiver no ambiente. Regule o termostato para evitar o frio excessivo. 

DICAS PARA AMBIENTES COMERCIAIS - Ligue o ventilador apenas quando necessário. Apague as luzes nas áreas em que não circulam pessoas rotineiramente. Não utilize “T”. Use o ar-condicionado com ambientes fechados e regule-o corretamente. Desligue máquinas elétricas e computadores logo após o seu uso. Desligue o monitor do computador quando não estiver utilizando. Desligue o computador no horário de almoço ou quando for ficar em reuniões mais demoradas. 

OUTROS CUIDADOS - Não deixe fios mal emendados, desencapados ou mal isolados em sua casa. Use fio de diâmetro correto para cada finalidade. Não emende fios de espessuras diferentes. Evite usar aparelhos elétricos no horário de pico (das 17 às 22 horas). Quando sair para viagem longa, desligue a chave geral da casa. Na hora de comprar eletrodomésticos, prefira modelos com o selo Procel de Economia de Energia. 

IMPORTANTE - O consumo de energia elétrica depende da potência dos aparelhos utilizados e do tempo de utilização. Os aparelhos elétricos possuem diferentes potências, consumindo mais ou menos energia. Essa potência é expressa em watts (W) e deverá estar mencionada na placa de identificação afixada no próprio aparelho. É o medidor de energia elétrica (relógio de luz) que registra o consumo de eletricidade.